Skip to main content

A TP-Link, fornecedor líder de soluções de rede, apresenta a sua inovadora gama de switches empresariais Omada Layer 3, que inclui até 24 portas Gigabit RJ45, quatro portas SFP+ de 10 Gbps, capacidade de Stacking e gestão centralizada.

Os Switches layer 3 combinam as funções de um switch de layer 2 com algumas funções de um router, pelo que podem efetuar o encaminhamento entre diferentes redes, bem como a switching dentro de uma rede. Os switches de layer 3 funcionam na layer de rede do modelo OSI (Open System Interconnection), o que lhes permite encaminhar pacotes IP, ao contrário dos switches de layer 2, que utilizam o MAC Address.

Os novos TP-Link Omada Layer 3 Enterprise Switches permitem uma conetividade de alta velocidade, ligando mais equipamentos e redes de forma mais eficiente. Estão equipados com portas Uplink QSFP de 25Gbps com 24 a 48 portas ethernet de 10Gbps, permitindo uma velocidade máxima de até 820Gbps. Isto permite às empresas expandir a sua rede sem ter de fazer grandes investimentos, escalando a rede à medida que as necessidades da empresa aumentam.

Graças à utilização dos protocolos de encaminhamento RIP e OSPF, os Switches Omada L3 asseguram rotas de comunicação eficientes que permitem uma melhor utilização dos recursos da rede. Ao mesmo tempo, a integração da tecnologia VRRP (Virtual Router Redundancy Protocol) garante que a rede esteja sempre disponível e estável.

Para máxima segurança no funcionamento em redes empresariais, os switches L3 Omada integram tecnologias como IEEE 802.1X, MAB (MAC Authentication Bypass), inspeção ARP dinâmica, ACL (Access Control Lists) e segurança de portas, que protegem a rede contra qualquer tipo de ameaça. Para tal, controlam o fluxo de tráfego e detetam computadores infetados, isolando-os posteriormente para evitar que se propaguem pela rede.

Os novos switches também garantem a disponibilidade da rede de forma ininterrupta. As fontes de alimentação e ventoinhas redundantes, combinadas com o protocolo ERPS, criam uma arquitetura estável, redirecionando o tráfego em caso de falha da rede e tornando as redes sempre disponíveis. Além disso, as portas POE+ permitem ligar Access Points, telefones IP, câmaras CCTV e sistemas de controlo de acesso compatíveis e alimentá-los com até 1440 W de PoE a partir do próprio switch, reduzindo os custos operacionais da instalação.

A nova gama de Switches Omada Layer 3 da TP-Link irá impulsionar as redes de pequenas e grandes empresas com a sua dupla função e conetividade e segurança extra. É composta por quatro novos equipamentos: SG6428X, SG6428XHP (com 4 portas 10G), SG6654X e SG6654XHP (com 6 portas 10G).

 

Switch Omada L3 SG6428X 

O switch Omada SG6428X possui 24 portas Gigabit RJ45 e 4 portas SFP+ de 10 Gbps, o que lhe confere uma capacidade de switching de até 128 Gbps por unidade. Além disso, suporta a função de stacking, que permite emparelhar até 4 unidades para aumentar a capacidade de switching até 512 Gbps.

Conta com funções de swithing de layer 3, portanto, suporta switching estático, RIP, OSPF, ECMP, VRRP, servidor DHCP e retransmissão DHCP. O protocolo de encaminhamento multicast PIM-DM assegura um encaminhamento eficiente para grupos multicast.

As fontes de alimentação redundantes, com dois módulos de fonte de alimentação com hot-swap, proporcionam uma elevada disponibilidade e evitam interrupções em caso de falha de um dos módulos de fonte de alimentação.

Pode ser gerido de forma autónoma através de uma interface Web, interface de linha de comandos (CLI), SNMP ou RMON. Além disso, é de dupla imagem, permitindo atualizações de firmware sem afetar o funcionamento do switch.

Também está disponível o modelo SG6654X, que tem seis portas SFP+ de 10 Gbps.

 

Switch Omada L3 SG6654XHP

O L3 SG6654XHP, por sua vez, é um switch gerível com 48 portas Gigabit PoE+ que pode fornecer até 1440W de PoE. Cada porta fornece até 30W de PoE, permitindo-lhe ligar Access Points, câmaras de vigilância, telefones IP e outros equipamentos PoE de forma rápida e fácil. Além disso, o PoE contínuo assegura uma alimentação ininterrupta dos equipamentos ligados, mesmo durante o processo de reiniciar, que mantém as definições de alimentação PoE durante o reinício.

O Omada L3 SG6654XHP Omada Managed Switch também possui seis portas SFP+ de 10 Gbps, permitindo conetividade de alta largura de banda e capacidade de switching sem bloqueio. O switch suporta funções de roteamento estático e dinâmico, bem como protocolos multicast e segurança avançada.

Também está disponível o modelo SG6654XHP, que inclui seis portas SFP+ de 10 Gbps.

 

Tal como todos os novos equipamentos de layer 3, pode ser gerido centralmente através da plataforma Omada SDN, que proporciona uma visão global e um controlo inteligente da rede.

 

Para mais informações sobre a TP-Link, visite-nos em www.tp-link.pt ou siga-nos no Facebook, Instagram, Youtube e no blog TP-Link.

Comentar artigo