Fique a Saber Tudo Sobre a Partilha USB

Por 16 Outubro, 2019Notícias, Tutoriais e Dicas Tempo de leitura: 3 minutos

Sabia que o seu router pode fazer mais do que gerir a sua rede privada? É verdade que serve, primariamente, para disponibilizar acesso Wi-Fi e gerir as várias funcionalidades relativas à rede wireless. Mas pode fazer bem mais do que isso! Por exemplo, pode servir como uma poderosa estação de partilha de dados. Como? Alguns routers têm portas USB que podem ser utilizadas para guardar e partilhar informação.

Geralmente estas portas USB disponibilizam três formas de partilha de ficheiros: Samba, Servidor Multimédia e Servidor FTP. Neste artigo poderá descobrir como maximizar a utilização das portas USB do seu router TP-Link

1. Samba

Esta funcionalidade permite a partilha de armazenamento local. Desta forma é possível partilhar um dispositivo USB (Disco Rígido Externo ou Pen USB) ligado ao seu router, com os utilizadores da sua rede.

O servidor Samba funciona como uma NAS (Network-Attached Storage) para simular um sistema de cloud local. Com base nos protocolos SMB/CIFS (Server Message Block / Common Internet File System), permite a transferência de informação entre sistemas Linux e Windows, algo impossível de outra forma, tornando-se uma ótima solução para partilha rápida e fácil de ficheiros entre dispositivos na rede.

Poderá saber mais sobre como ativar o Samba aqui.

2. Servidor Multimédia

A funcionalidade de Servidor Multimédia permite-lhe partilhar música, vídeos e fotos para PCs, consolas de jogos ou media players (como uma SmartTV, por exemplo) a partir de um dispositivo USB conectado ao seu router. Tal poderá verificar-se útil quando pretende partilhar música ou vídeos na XBOX ou na Playstation ou partilhar as fotografias daquela sua viagem com os amigos.

Com o Servidor Multimédia não terá de se preocupar em transferir ficheiros entre dispositivos.

Caso necessite de ajuda na partilha de conteúdos poderá consultar o nosso site aqui.

3. Servidor FTP

O Servidor FTP permite o fácil acesso e partilha de ficheiros localizados num dispositivo USB não apenas para a rede local, intranet, mas para qualquer dispositivo na internet que tenha permissões de acesso. Baseia-se no protocolo FTP (File Transfer Protocol), o qual permite a partilha rápida e de forma conveniente de ficheiros entre computadores. É especialmente útil para a partilha de ficheiros de grandes dimensões. O acesso ao servidor FTP pode ser efetuado quando quiser, onde estiver.

Aqui poderá verificar como configurar a funcionalidade de Servidor FTP tanto para acesso local (Access the USB Device Locally) como para acesso remoto (Access the USB Device Remotely).

Com as funções versáteis de Partilha USB disponíveis nos routers TP-Link, suprimimos as suas necessidades de partilha de dados. Cada função assegura que os seus conteúdos são facilmente acessíveis da forma mais conveniente para si.

Para saber mais sobre as configurações da porta USB do seu router aconselhamos a leitura do Manual do Utilizador disponível para cada equipamento no Download Center, na nossa página oficial.

 

@Ricardo Pacheco

Comentar artigo